TOPO

“Portugal: Roteiro no Porto para 2, 3 ou 4 dias (com mapa)”

Em uma cidade com tantas opções, pensar em um roteiro no Porto para poucos dias pode parecer difícil. Certamente, uma visita ao norte de Portugal precisa incluir os principais pontos turísticos, mas também as pequenas cidades e aquelas dicas que apenas os “locais” conhecem.

A minha sugestão de roteiro no Porto para 2, 3 ou 4 dias de viagem é pensada para que você possa aproveitar ao máximo o seu tempo, explorando as principais zonas da cidade. Confira todas as dicas a seguir e, ao final, baixe o nosso mapa para usar durante a viagem!


Planejando uma viagem para Portugal? Não esqueça de contratar o seu seguro viagem obrigatório! Faça uma cotação com as melhores seguradoras através da Seguros Promo e use o cupom VIAJAQUEPASSA5 para receber 5% de desconto.


ROTEIRO NO PORTO: QUANTOS DIAS FICAR?

Se você ainda não definiu o seu roteiro de viagem em Portugal e está em dúvida sobre quantos dias ficar no Porto, vamos conversar melhor sobre isso!

Particularmente, considero que passar menos de 2 dias no Porto é muito pouco tempo, afinal, a cidade é incrível, cheia de história e possui um clima super agradável em qualquer época do ano.

Ao mesmo tempo, Porto não é tão grande como a maioria das importantes cidades europeias, por isso você consegue fazer muita coisa em 4 dias. É claro que quanto mais, melhor! Porém, em um itinerário como esse você poderá não só conhecer as principais atrações do Porto, mas também incluir um bate e volta a uma das cidades vizinhas.

Levando isso em conta, proponho um roteiro para 2, 3 ou 4 dias no Porto, mas você poderá perfeitamente adaptá-lo às suas preferências e tempo na cidade! 


Leia também:


ROTEIRO NO PORTO PARA 2, 3 OU 4 DIAS 

Dia 1: Rua de Santa Catarina, Centro Histórico e Ribeira

Roteiro no Porto para 2, 3 ou 4 dias de viagem

Foto: Nienke Broeksema via Unsplash

Pode parecer difícil, mas um roteiro para 2, 3 ou 4 dias em Porto é adaptável de várias formas. Uma delas é concentrar o primeiro dia de visita nas principais atrações da cidade.

Rua de Santa Catarina, Majestic Café e Av. dos Aliados

Comece cedo na Rua de Santa Catarina, a principal do comércio com opções de lojas para compras, padarias e restaurantes. Entre eles está o Majestic Café, considerado algumas vezes entre os mais bonitos do mundo e que vale a visita!

A rua está na parte um pouco mais alta da cidade, mas a poucas quadras da Av. dos Aliados. Então, desça em poucos minutos e aprecie os prédios históricos, a Câmara Municipal e saiba mais sobre a história do Porto.

Estação de Comboio São Bento e Sé do Porto

Logo ao fim da avenida está a Estação de Comboio São Bento. Não deixe de entrar e conferir o salão de entrada que é uma verdadeira obra de arte portuguesa! Ao sair irá avistar a Sé do Porto, que também merece uma visita e possui muita história.

Ponte D. Luís

Depois do passeio pelo centro histórico, o seu primeiro dia de roteiro no Porto ficará um pouco mais “cansativo”. Por que isso? Bom, primeiro você vai seguir da Sé para a parte superior da Ponte D. Luís I, onde terá uma vista do rio, Ribeira e parte da cidade.

É sem dúvida um dos pontos centrais da visita, mas o problema vem depois: descer até a Ribeira! Você pode fazer isso pelas escadas das pequenas ruas ao lado ou então com o “elevador”.

Ribeira

Após chegar na Ribeira, aproveite ao máximo as margens do Douro. É possível fazer um dos passeios de barco, tomar um vinho ou “fino” – cerveja – e experimentar os restaurantes em volta. É uma ótima maneira de encerrar o seu primeiro dia no Porto!

Dia 2: Torre dos Clérigos, Livraria Lello, Jardim do Morro e Galerias de Paris

Roteiro no Porto: Livraria Lello

Foto: Ivo Rainha via Unsplash

Torre dos Clérigos e Base

Comece o segundo dia do seu roteiro no Porto na Torre dos Clérigos, um símbolo da cidade. Se estiver chovendo ou nublado, pode não ser tão interessante subir, mas escolha conforme o dia.

Ao lado da Torre encontrará a Base, que é uma espécie de jardim acima de algumas lojas e conta também com um bar. É um espaço incrível para um piquenique e várias fotos!

Livraria Lello

Do outro lado da rua fica a Livraria Lello, famosa em quase todo o mundo. Apesar de haver sempre fila, você conhecerá um lugar incrível caso seja amante dos livros.

Universidade do Porto, Igreja do Carmo e Jardim de João Chagas

Ainda entre a Torre dos Clérigos e a livraria há várias atrações para conferir. Entre elas está o prédio da reitoria da Universidade do Porto e a Igreja do Carmo, com uma linda parede de azulejos. Há também o Jardim de João Chagas, mais conhecido como Jardim da Cordoaria, com bares e restaurantes.

Jardim do Morro

Se tiver aproveitado bem a região em volta, o tempo passará voando. Já pro fim da tarde será hora de visitar o Jardim do Morro, logo após a ponte D. Luís I ligando Porto e Vila Nova de Gaia. Você pode ir a pé pela ponte ou então de metrô.

O jardim é o lugar mais incrível para ver toda a cidade do Porto e o pôr do sol. Aliás, arrisco dizer que é uma paisagem que se vê em poucos lugares da Europa! Muitas pessoas levam vinho, sentam e passam horas por ali.

Galerias de Paris

Depois relaxar no Jardim do Morro, a dica é encerrar o dia nas Galerias de Paris. Essa é, na verdade, uma rua próxima da zona onde você estava mais cedo. Nas galerias há um pouco de tudo: bares, restaurantes e casas noturnas. Independente da sua escolha, terá as melhores opções à disposição!

Dia 3: Palácio de Cristal, Matosinhos e Caves

Praia de Matosinhos: Roteiro no Porto

Foto: Simon Pallard via Unsplash

Jardins do Palácio de Cristal

Quem decidiu ficar um pouco mais de tempo, poderá começar o terceiro dia de roteiro no Porto inspirado na beleza dos Jardins do Palácio de Cristal. Não há mais nenhum palácio ali, infelizmente, mas ainda vale muito a pena o local!

Em algumas épocas do ano há eventos como a Feira do Livro e festivais de música ou de cerveja, por exemplo. Explore bastante o local até encontrar a vista incrível das três pontes que ligam Porto e Gaia.

Matosinhos

Após esse passeio, é hora de conhecer a praia mais famosa do Porto, Matosinhos. Você pode fazer isso de metrô, mas eu aconselho a linha de ônibus que vai pela beira do rio. Ela passa inclusive na Foz, onde o rio e o oceano se encontram. É possível fazer isso a pé também, mas são alguns quilômetros!

Logo na entrada de Matosinhos está o Castelo do Queijo, cuja entrada é super barata e você pode curtir a vista. Há também o Jardim da Cidade, mas ele é tão grande que acaba se distanciando da praia.

Apesar de não ter uma grande extensão de areia, Matosinhos é muito convidativa para uma caminhada e aproveitar os seus restaurantes. É claro que, se estiver um belo dia de verão, você pode aproveitar a viagem e pegar um sol também! Nesse caso, esqueça as demais atrações e curta o dia na praia com tranquilidade.

Caves de vinho do Porto – Vila Nova de Gaia

Outra opção, caso você não curta muito praia ou queira fazer apenas uma visita rápida a Matosinhos, é conhecer as caves de vinho do Porto. Na verdade, as mais renomadas ficam em Vila Nova de Gaia, mas é como se fosse tudo uma coisa só. A dica é atravessar para o cais de Gaia e ver qual cave chama mais atenção.

Um aviso importante é que nem todas as caves abrem o ano inteiro. Conforme a época que você visitar Porto, poderá ter mais ou menos opções. De qualquer forma, terá provas de vinho para nunca se esquecer da cidade!

Confira as nossas dicas de Enoturismo em Portugal: 8 vinícolas incríveis para visitar

Dia 4: Bate e volta em Aveiro

Bate e volta em Aveiro, Portugal

Foto: Getty Images

Ter um roteiro para 2, 3 ou 4 dias em Porto e não visitar Aveiro é quase um crime! Além de ser uma bela cidade, ela tem a fama de “Veneza Portuguesa”, e você pode conferir tudo isso com os seus próprios olhos.

É possível chegar em Aveiro a partir da estação São Bento e há comboios (trens) regularmente, por isso não é necessário comprar a passagem com antecedência. A ida e volta fica entre 7 e 8 euros e a viagem durante aproximadamente 1 hora.

Chegando em Aveiro há muito o que ver, especialmente no centro histórico: há um shopping a céu aberto, canais com passeios de barco, restaurantes e muito mais. 

Uma das características de Aveiro é que a cidade tem uma expressão cultural muito forte. Você perceberá isso nas pinturas pelas paredes, na conservação dos prédios e também nas lojas de antiguidades.

Aveiro também é famosa pelas sardinhas, os ovos moles e o sal. Além disso, a gastronomia em geral é ótima, e indico os restaurantes que ficam nas ruas ao lado da avenida central junto ao canal. Ali, perto do mercado de Aveiro, estão os melhores frutos do mar para provar!

Confira o nosso roteiro completo de 1 dia em Aveiro

BAIXE O MAPA DO SEU ROTEIRO NO PORTO

Para não perder nada durante a sua viagem, baixe o mapa do nosso roteiro para 2, 3 ou 4 dias no Porto, em Portugal:

Tags:   

«
»