TOPO

“Enoturismo em Portugal: 8 vinícolas incríveis para visitar”

Quem é fã de vinho sabe do sucesso do enoturismo em Portugal, já que o país faz parte das referências mundiais em regiões produtoras da bebida, com direito a degustação e passeios às suas vinícolas.

Uma viagem pelas diversas vinícolas em Portugal é uma verdadeira imersão. Você aprende sobre cultura, gastronomia, história e até mesmo economia. O país europeu possui reconhecimento pela tradição vitivinícola, especialmente nas regiões do Douro e Alentejo.

Hoje, separei algumas dicas para você se preparar e aproveitar o melhor do roteiro nacional do vinho durante a sua passagem! E já adianto: há desde vinícolas mais famosas até algumas surpresas.


Planejando uma viagem para Portugal? Não esqueça de contratar o seu seguro viagem obrigatório! Faça uma cotação com as melhores seguradoras através da Seguros Promo e use o cupom VIAJAQUEPASSA5 para receber 5% de desconto.


O ENOTURISMO EM PORTUGAL

Antes de conhecer as principais dicas para a sua viagem, saiba que o enoturismo não é novidade em Portugal. Os vinhos do país possuem reconhecimento mundial, especialmente pelo Vinho do Porto e o Vinho Verde, que são mais característicos.

Contudo, os tipos de passeios quando se fala em enoturismo em Portugal podem variar. Você pode explorar a parte mais rural, visitar grandes vinícolas e acompanhar a produção, ou as caves. Em Porto, por exemplo, o mais comum é uma visita rápida pelas caves. Ou seja, você não vê a produção efetivamente.

A melhor dica para montar um roteiro pelas vinícolas em Portugal é justamente saber o que você quer conferir. Se uma visita e degustação pela cave já basta, ótimo! Porém, se quer acompanhar a produção de perto, entender a história e ver belas paisagens, a viagem exige mais tempo.

Para se ter ideia, em 2014 a região vinícola do Alentejo foi considerada a melhor do mundo para se visitar, segundo os leitores do USA Today. Mas o sucesso não fica apenas nessa região – você pode ir até a Ilha da Madeira ou dos Açores, onde também há produção de vinho.

Onde ficar para fazer os passeios nas vinícolas em Portugal?

Há muitos passeios guiados e até mesmo personalizados para conhecer a produção de vinho em Portugal. Como a maioria sai de Lisboa ou principalmente do Porto, fica bem fácil de encaixar em qualquer roteiro de viagem em Portugal.

Com a nossa parceira Get Your Guide, você pode conferir alguns dos passeios ofertados:

 

Contudo, para ter a liberdade de conhecer uma região inteira, a nossa recomendação é alugar um carro e fazer tudo por conta própria. Mas fica o aviso: como alguém vai precisar dirigir, considere se hospedar próximo das vinícolas ou passar um tempo apreciando o local após as degustações.

Se estiver em Lisboa, fica mais fácil conferir as vinícolas do Alentejo ou até mesmo do Algarve.

Já ao Norte há caves famosas em Porto, de fácil acesso no centro da cidade. Ao lado, na região do Douro, também existem ótimas vinícolas para visitação.

Por isso, a dica é fazer base nas principais cidades, como Lisboa e Porto. Hospedar-se em Braga também é uma opção no Douro. Além disso, também é possível se hospedar em algumas vinícolas em Portugal, o que torna a experiência ainda mais especial.

ENOTURISMO EM PORTUGAL: 8 VINÍCOLAS PARA INCLUR NO SEU ROTEIRO 

Há muitas vinícolas em Portugal, por isso listei algumas das melhores para conhecer. Elas estão por todo país, então fica fácil adequar ao seu roteiro e entender qual combina mais com o seu estilo de viagem.

Quinta da Taboadella

Vamos começar as dicas de enoturismo em Portugal bem ao norte do país, próximo de Serra da Estrela. Na pequena localidade de Silvã de Cima, em Viseu, a Quinta da Taboadella possui nada menos que 40 hectares.

Além da linda paisagem no local, você acompanha a produção de vinho que une tecnologia e sustentabilidade. Durante a visita você terá a experiência de combinar o vinho com o famoso Queijo da Serra.

É também uma viagem muito romântica e existe até mesmo um lago na propriedade. Aliás, é um clima perfeito para um passeio em viagem de lua de mel! Diariamente a Quinta recebe visitas, que você pode agendar através do seu site.

Quinta do Seixo

Vinícola Quinta do Seixo

Foto: Sogrape

Agora, a dica faz parte da rota do Vinho do Porto, ao sul do Rio Douro. A Quinta do Seixo fica localizada entre Régua e Vila do Pinhão, onde é possível se hospedar, caso esteja procurando um clima mais rural.

A Quinta do Seixo é famosa por ser a produtora do vinho Sandeman. Em Porto, atravessando para Vila Nova de Gaia, você encontra a cave do Sandeman para visitar, mas é um passeio rápido. Já na Quinta é possível acompanhar de perto a produção de um dos vinhos portugueses mais exportados para o mundo.

A Sogrape Vinhos é quem gerencia o local. Há muito o que ver, inclusive a casa original de 1863 que segue bem conservada. Por lá você pode experimentar um dos mais famosos e prestigiados vinhos do porto acompanhado de aperitivos e o visual do Rio Douro.

Quinta dos Murças

Enoturismo e vinhos portugueses: Quinta das Murças

Foto: Esporão

O enoturismo em Portugal não é apenas uma experiência com os seus vinhos. Na verdade, pode-se unir hospedagem com passeio histórico, gastronômico e cultural, como é o caso da Quinta dos Murças. Você pode se hospedar na casa e fazer parte da rotina do local.

A Quinta se especializou em fazer da visita turística uma experiência confortável, saborosa e marcante. Hoje, é uma das mais elogiadas no país. Localizada ao redor do Douro, a vista também é privilegiada. 

Dentre as degustações da Quinta dos Murças, o destaque é o VV47, produzido desde 1947. A experiência é acompanhada por um enólogo, que explica a origem e história do vinho. Aliás, a vinícola possui a primeira e uma das mais famosas produções de vinhas verticais do país, que, segundo especialistas, garantem sabor especial à bebida no resultado final. 

Paço dos Cunhas

Próximo de Viseu, o Paço dos Cunhas guarda muitas surpresas para amantes de vinho e cultura. O local foi recuperado pela Global Wines, incluindo o belo edifício histórico em seu interior. E mais do que degustação, há workshops de vinho e showcooking.

Visitar o espaço não é apenas sobre vinho: você pode ter uma bela refeição no restaurante e ainda visitar safras de 1957 na cave. Na degustação você provará o melhor dos vinhos da região do Dão, como Cabriz e Casa de Santar. É perfeita para uma visita rápida!

Herdade Monte do Vau

Você já ouviu falar em uma propriedade “biochic”? Esse é o conceito na Herdade Monte do Vau, no Alentejo, que tem a produção focada na sustentabilidade.

Assim como outras vinícolas que citei acima, na Herdade Monte do Vau você também pode se hospedar e ver mais de perto a vida ao redor. E as opções para um final de semana inteiro são incríveis: degustação de vinhos, piquenique no lago ou um descanso na lareira.

A paisagem também é linda e há quartos com vista para as vinhas ou apartamento para até seis pessoas. É uma viagem perfeita para aproveitar a natureza e descobrir a história dos vinhos. No site oficial é possível saber mais sobre a visita e a estadia.

Herdade das Servas

Ainda no Alentejo, a Herdade das Servas é uma das produções de vinho mais antigas da região. Os jardins da propriedade impressionam pela beleza, assim como a qualidade da gastronomia no restaurante.

Um diferencial é que há vários tipos de visita, sendo a “Tradicional” sem prova de vinho. A chamada “Visita com Corpo e Alma” inclui prova de quatro vinhos. Já a completa é a “Winegrowing Legacy“, com visita à adega, caves e prova de vinhos com tábua de queijos.

O restaurante tem uma bela vista do jardim e um clima tradicional com gastronomia da região. A família produz vinho há mais de três séculos, por isso é uma das mais conhecidas nacionalmente. A visita pode ser agendada através do site oficial.

Quinta do Encontro

Já falei muitas dicas de vinícolas super históricas e com suas casas de mais de cem anos ainda intactas. Agora, a dica é para quem também ama arquitetura, pois o projeto da Quinta do Encontro é impressionante.

É claro que o vinho é protagonista, mas o projeto de design arredondado da Global Wines abriga a adega, loja, espaço gastronômico e outras atrações. A Quinta do Encontro fica entre Coimbra e Aveiro, na Bairrada.

O formato do local não poderia ser diferente: um barril de vinho em madeira. E o vinho, aliás, também não decepciona: há tintos, roses, espumantes e brancos. O ideal é reservar a visita com antecedência, pois é um ponto famoso nas rotas de enoturismo em Portugal.

Quinta do Sanguinhal

Próxima de Lisboa, a Quinta do Sanguinhal é uma das vinícolas mais visitadas em Portugal. Os vinhos da região são bem característicos devido ao solo, com opções como o Moscatel Graúdo e o Cabernet Sauvignon.

O passeio vale muito a pena porque você se sente em uma pequena vila circulando pela propriedade. Há relíquias históricas da produção de vinho com equipamentos que eram utilizados em épocas com muito menos tecnologia. É como uma viagem no tempo.

A visita ao local inclui várias atividades, como a visita aos jardins e a uma das principais destilarias do século XIX. Há também a visita à cave e prova de seis vinhos. Você pode agendar através do site da Quinta do Sanguinhal.

Passeios além das vinícolas

Além da visita direta nas vinícolas, o enoturismo em Portugal também traz outras opções interessantes. Uma das mais conhecidas é o cruzeiro pelo Rio Douro para acompanhar as vinhas às margens da água enquanto aproveita degustações e refeições únicas.

Há cruzeiros de vários tipos, como o bate e volta de um dia. Outros duram o final de semana inteiro e incluem paradas em pequenas cidades pelo caminho para dormir ou até visitar alguma vinícola. Essas podem sair entre 50 e 500 euros, mas são inesquecíveis.

Já quem não é tão fã de cruzeiro, pode ir por terra mesmo, mas de trem. Essa dica é mais “luxuosa” e para quem está disposto a investir um pouco além para uma experiência gourmet de chefes portugueses estrelados.

O investimento no “The Presidential” é alto, mas o luxo está a altura: são 1, 2 ou 3 dias de viagem pelo Vale do Douro com degustações no trem que já transportou a Rainha Elizabeth II. O passeio custa a partir de 750 euros por pessoa e tem todas as comodidades inclusas.

A saída do trem é da cidade do Porto, com parada na Quinta do Vesuvio, que é fechada ao público em geral. No site é possível conferir todas as informações do passeio.

Novas formas de descobrir Portugal!

Há muitas rotas incríveis em Portugal, mas conhecer os segredos e belezas da produção de vinho nacional é particularmente incrível. Além de visitar pontos fora dos grandes centros, você ainda tem uma experiência gastronômica e cultural.

Aproveite as dicas de enoturismo em Portugal, confira outros roteiros pelo país e se prepare: você vai descobrir muito mais belezas do que imagina!

Tags:    

«
»