TOPO

“Destinos brasileiros únicos para uma experiência marcante”

Que o Brasil possui um potencial turístico imenso (e infelizmente pouco aproveitado), todos já sabem. Mas você já parou para pensar na quantidade de atrações únicas que temos?

Lagoas em meio a dunas quase intermináveis; praias habitadas por búfalos; a maior concentração de jacarés do mundo; palácios em meio à Mata Atlântica; cachoeiras acessíveis na Floresta Amazônica, e por aí vai…

Enquanto alguns desses destinos já são bem famosos, outros permanecem pouco conhecidos ou são até mesmo subestimados.

Refletindo sobre o tema e sobre os lugares incríveis que já tivemos a oportunidade de cobrir aqui no blog, decidi reunir 10 destinos brasileiros únicos que, certamente, garantirão experiências marcantes a todos que os conhecerem. Confira a nossa lista!

10 DESTINOS BRASILEIROS ÚNICOS PARA UMA EXPERIÊNCIA MARCANTE

Lençóis Maranhenses, no Maranhão

Destinos brasileiros únicos: Lençóis Maranhenses

Foto: Marcreation via Unsplash

Quando falamos em destinos brasileiros únicos, é impossível não citar os Lençóis Maranhenses. Mundialmente famoso, todos os anos o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses atrai milhares de turistas para admirar o seu cenário inigualável.

De maio a agosto, quando as lagoas estão cheias, o parque é um verdadeiro convite para os fotógrafos ou para aqueles que querem simplesmente se refrescar nas piscinas de água doce em meio às dunas.

Além dos circuitos nas lagoas, também é possível fazer passeios de voadeira, tour em quadriciclo, sobrevoo de avião e até mesmo aulas de kitesurf.

Para visitar, você pode escolher fazer base em Barreirinhas, Atins, Santo Amaro ou nos três, já que cada um tem as suas particularidades. Confira o nosso guia dos Lençóis Maranhenses para entender a logística.

Ilha de Marajó, no Pará

Destinos brasileiros únicos: Ilha de Marajó

Foto: Getty Images

A maior ilha fluvial do mundo fica no Brasil, mais especificamente no Pará, e possui a combinação de alguns itens que a tornam única: praias de água doce, mangues e (muitos) búfalos – todos domesticados.

As atrações da Ilha do Marajó incluem passar o dia na praia, navegar nos igarapés, tomar banho de rio e assistir a apresentações de carimbó.

Apesar de grande, a melhor estrutura turística – que ainda é bem rústica, é bom saber disso – fica nas cidades de Soure e Salvaterra. Para chegar lá, é necessário pegar uma lancha no Terminal Hidroviário de Belém ou uma balsa (se você for de carro) do Terminal Hidroviário de Icoaraci. Em outro post você pode ver mais informações sobre a Ilha de Marajó.

Pantanal, em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul

Destinos Brasileiros Únicos: Pantanal Matogrossense

Foto: Getty Images

O Pantanal é a maior planície alagada do mundo e lar de uma biodiversidade impressionante. Não só está entre os destinos brasileiros únicos, mas também entre os mais extraordinários!

Com flora e fauna riquíssimas, a programação da viagem gira em torno da observação das paisagens e de dezenas (ou centenas) de animais, que vão do belo tuiuiú, ave-símbolo das terras pantaneiras, aos jacarés e onças-pintadas.

Com uma área de 250 mil km², a maior área do Pantanal está concentrada no Brasil, nos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Para quem quer conhecer o Pantanal Norte (como é chamada a porção Matogrossense), o ponto de partida é Cuiabá. De lá os visitantes devem seguir a MT-060 e depois pegar a Transpantaneira, estrada que liga Poconé a Porto Jofre e onde está concentrada a maior gama de pousadas e passeios turísticos.

De Cuiabá a Porto Jofre são 250km. Pra entender melhor sobre a logística e o destino, veja o nosso guia do Pantanal Norte.

Já para quem optar pelo Pantanal sul-mato-grossense, a melhor estrutura é encontrada em Corumbá, a 430 km da capital Campo Grande.

Petrópolis, no Rio de Janeiro

Petrópolis, Rio de Janeiro

Foto: Getty Images

A apenas 70km da capital Rio de Janeiro, Petrópolis não é só um refúgio para o calor carioca, mas também garante experiências agradáveis – e únicas.

Conhecida como a “Cidade Imperial”, o local foi a escolha de Dom Pedro II para a sua casa de veraneio e guarda muita história. Por estar no meio da Serra dos Órgãos, Petrópolis é uma mistura de museus, casarões antigos, trilhas e cachoeiras na Mata Atlântica.

Além disso, a cidade possui uma gastronomia para ninguém botar defeito, incluindo boas confeitarias, pratos da alta gastronomia e tours cervejeiros.

A boa notícia é que, em pouco tempo, já é possível conhecer bastante coisa. Em outro post você poder ver a nossa recomendação de roteiro para 2 ou 3 dias na cidade.

PETAR, em São Paulo

Petar, São Paulo

Foto: C. R. Malaquias, via Wikimedia Commons

Com mais de 300 cavernas, o Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR) fica no extremo sul do Estado de São Paulo e possui a maior área de Mata Atlântica preservada do país. Pela grande importância da sua biodiversidade, é declarado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO.

As atividades no parque são perfeitas para os amantes de ecoturismo. Incluem trilhas, boia cross, banho de cachoeira e exploração de grutas e cavernas. Na maioria dos passeios, estar acompanhado de um guia é obrigatório.

Quem quiser visitar o PETAR poderá se hospedar nas imediações dos Municípios de Apiaí e Iporanga, que possuem desde campings a pousadas bastante confortáveis.

Você também pode ler o nosso guia sobre o PETAR e entender melhor sobre o destino.

Caraíva, na Bahia

Destinos brasileiros únicos: Caraíva, Bahia

Foto: Wikipedia Commons

Com ares de interior, ruas de areia onde só pedestres transitam e luzes baixas (que até pouco nem chegavam lá), Caraíva é uma pequena vila de pescadores que mantém a sua rusticidade sem desapontar no quesito turístico. É isso que faz do lugar mais um dos destinos brasileiros únicos.

Por lá você poderá aproveitar as belas praias com a paisagem impecável do sul da Bahia, descer o Rio Caraíva de boia, conhecer uma Aldeia Pataxó, provar a culinária regional e se jogar no forró pé de serra.

Chegar a esse lugar imaculado, ainda não tomado pelas massas turísticas e grandes redes hoteleiras, demanda um pouco de esforço. Embora esteja a apenas 70km de Porto Seguro, o acesso a Caraíva é demorado e combina estradas esburacadas e travessia de canoa. Apesar do empenho, nós garantimos: vale a pena!

Para saber mais sobre o destino, leia o nosso post sobre Caraíva.

Holambra, em São Paulo

Holambra, a capital das flores em São Paulo

Foto: Getty Images

Como ter a sensação de visitar os famosos campos de flores da Holanda sem sair do Brasil? Holambra é a resposta!

No interior de São Paulo, a 45km de Campinas, a pequena cidade foi fundada por colonos holandeses que, assim como nos Países Baixos, levaram adiante a tradição floricultura. Na verdade, Holambra é atualmente responsável quase metade da produção de flores do Brasil.

É possível visitar as atrações da cidade e os campos de flores durante o ano todo, mas é no mês de setembro que acontece a Expoflora, maior festa de flores da América Latina.

Em outro post você pode conferir a nossa sugestão de roteiro em Holambra.

Presidente Figueiredo, no Amazonas

Destinos brasileiros únicos: Presidente Figueiredo

Foto: MTur Destinos

Em meio à Floresta Amazônica, Presidente Figueiredo pode ser considerado o paraíso das cachoeiras no Brasil. Apenas na cidade, já foram catalogadas mais de 100!

Além disso, o local é de fácil acesso – já que está a apenas 2h (de ônibus ou carro) de Manaus. Bom para os manauaras, que aproveitam bastante o destino aos finais de semana.

Além das cachoeiras, em si, os visitantes também poderão aproveitar as lagoas, grutas e corredeiras de Presidente Figueiredo. A gastronomia da cidade é simples, mas bem local. Não deixe de provar as frutas típicas da Amazônia!

Confira o nosso guia de Presidente Figueiredo e planeje a sua viagem.

Inhotim, em Minas Gerais

Instituto Inhotim, Minas Gerais

Foto: Cecilia Skaf via Unsplash

O destino, desta vez, é um museu. Mas não é qualquer museu, é o maior museu a céu aberto do Brasil – e do mundo!

Situado em Brumadinho, a apenas 55 km de Belo Horizonte, o Instituto Inhotim é um enorme complexo com diversas exposições de arte contemporânea. Inaugurado em 2005, o museu possui 22 pavilhões espalhados em 120 hectares em meio à Mata Atlântica.

As obras são igualmente grandiosas e é difícil não se impressionar. Por isso, é necessário reservar no mínimo um dia inteiro para conhecer boa parte do complexo. Se quiser ver tudo, separe dois dias ou alugue um carrinho de golfe para ajudar na locomoção.

Para saber mais sobre os valores e dicas para planejar o passeio, confira o nosso guia de Inhotim.

Capitólio, em Minas Gerais

Lago de Furnas, Capitólio

Foto: Getty Images

Chamado de “mar de Minas”, o Lago de Furnas atrai não só os mineiros, mas turistas do Brasil inteiro em busca dos passeios de barco, pontos panorâmicos e banhos de cachoeira.

As principais atrações e a melhor estrutura turística ficam em Capitólio, que é onde são encontrados os incríveis cânions e de onde saem a maioria dos passeios de barco. Mas não se engane: a região é bem grande. Dá pra passar vários dias explorando os arredores sem repetir nenhum passeio.

A 300km de Belo Horizonte e 350km de Campinas, a melhor maneira de chegar e se locomover em Capitólio é de carro – embora não seja impossível se virar com os ônibus.

Em outro post você pode conferir a nossa sugestão de roteiro em Capitólio para 4 dias.

CONHEÇA OUTRAS EXPERIÊNCIAS MARCANTES

Este artigo faz parte de uma blogagem coletiva para compartilhar dicas sobre viagens e experiências marcantes. Abaixo, você pode conferir outros posts inspiradores dos nossos parceiros de blogagem:

E se você gostou do post ou conhece outros destinos brasileiros únicos que deviam entrar na nossa lista, não deixe de nos escrever nos comentários!

Tags:            

«
»