TOPO

“Onde ficar em Berlim: melhores bairros e dicas de hotéis”

Uma das tarefas mais importantes na hora de planejar a viagem para a capital alemã é definir onde ficar em Berlim, já que isso será crucial para aproveitar bem todas as atrações.

Em termos de localização, o melhor bairro para ficar em Berlim é o Mitte. Mas como as atrações de Berlim são espalhadas por algumas regiões, você acabará andando bastante pela cidade. Além disso, usar o transporte público também é quase inevitável.

Então, o ideal é encontrar uma opção bem posicionada (o que também pode significar estar perto de uma estação de trem urbano ou metrô) e que atenda as suas prioridades de orçamento e conforto.

A seguir, vamos falar sobre os melhores bairros para ficar em Berlim, com várias dicas de hotéis e hostels na capital alemã.


Planejando uma viagem para a Europa? Não esqueça de contratar o seu seguro viagem obrigatório! Faça uma cotação com as melhores seguradoras através da Seguros Promo e use o cupom VIAJAQUEPASSA5 para receber 5% de desconto.


ONDE FICAR EM BERLIM: MELHORES BAIRROS E DICAS DE HOTÉIS

Como já falamos, você vai andar muito na capital alemã e, provavelmente, também usará bastante o transporte público. 

Por isso, os principais pontos para se levar em conta na hora de decidir onde ficar em Berlim é o seu orçamento, nível de conforto esperado e perfil de viagem.

Você vai para o hotel só para dormir? Gosta de sair para jantar? Quer aproveitar a vida noturna? Tudo isso fará diferença na sua escolha.

A seguir, falaremos sobre as principais vantagens e desvantagens dos melhores bairros para se hospedar em Berlim: Mitte, Friedrichshain, Tiergarten, Kreuzberg e Charlottenburg.


Leia também:


Mitte: o mais central

Onde ficar em Berlim: Mitte

Foto: Getty Images

Para a maioria dos turistas, o Mitte é a melhor região para se hospedar em Berlim. De fato, foi onde também me hospedei, mas é importante entender qual área ele abrange.

Apesar de contemplar a parte mais central da cidade, hospedar-se no Mitte (que significa “centro”) não significa que você não terá que usar transporte público. Esse é um bairro grande e que se divide em várias zonas, por isso contempla tantos pontos turísticos.

Para você ter uma ideia, no Mitte está desde a Ilha dos Museus até o Portão de Brandemburgo, e dificilmente você irá caminhando de um ao outro. A vantagem do Mitte é estar bem contemplado pelo transporte público e com todos serviços necessários em volta.

Mas, para quem quer ficar próximo das principais atrações turísticas, a zona que abrange a Avenida Unter den Linden e suas imediações é a melhor.

Apesar de ser uma zona mais cara, também possui muitas opções de hospedagem. Para aproveitar as melhores ofertas, o ideal é reservar com uma certa antecedência.

Confira as nossas sugestão de hospedagem no Mitte, em Berlim:

Econômico
  • St Christopher’s Inn Berlin Mitteeste hostel fica ao lado da estação central, o que facilita o transporte para qualquer parte da cidade. Oferece opções de quarto privativo e beliches (com cortina) em acomodações compartilhadas. Há um bar e restaurante no local com desconto para hóspedes;
  • MEININGER Berlin Mitte: fica ao lado de uma estação S-Bahn, mas também é central o suficiente para fazer várias atividades a pé. O hostel possui quartos privativos e compartilhados, oferece café da manhã por um custo extra e está em uma área bem servida de bares e restaurantes.
Bom custo-benefício
  • Ibis Berlin Hauptbahnhof: com padrão executivo, esta unidade da rede Ibis está a apenas 300 m da estação central de Berlim, sendo uma ótima opção para quem chega de trem ou pretende usar o transporte público para se locomover pela cidade. no hotel há um restaurante, onde também é servido o café da manhã;
  • HighPark by Palmira: a uma caminhada do Portão de Brandemburgo, do Memorial do Holocausto e da Topografia do Terror, este apart-hotel também está próximo de uma estação de metrô. Oferece estúdios e apartamentos novos com cozinha compacta, tudo com ambiente moderno e agradável.
Conforto
  • Capri by Fraser Berlin: com padrão 4 estrelas, oferece confortáveis estúdios com cozinha compacta e máquina de lavar roupa. No local também há um bar, onde é servido o café da manhã;
  • Casa Camper Berlin: situado na Hackerscher Markt e próximo do metrô, este é um hotel padrão com serviços fora do padrão. Oferece um café da manhã excepcional (incluso em algumas diárias), academia e um lounge com bebidas não alcoólicas e lanches de cortesia 24h por dia;
  • Wilde Aparthotels by Staycity: com design criativo e elegante, oferece estúdios modernos e bem equipados próximo ao Checkpoint Charlie (e do metrô). Além das amenidades padrão, os quartos contam com água mineral gratuita, cápsulas Nespresso, chá, leite e alguns snacks.

Friedrichshain: o mais alternativo

Friedrichshain Berlim

Foto: Neuköllner via Wikimedia Commons

Embora não fosse o bairro mais atrativo de Berlim até alguns anos, o Friedrichshain hoje está super revitalizado. Ele tem um clima jovem e à noite é bem animado, com vários bares e boates.

É um bairro mais alternativo, por isso você vai encontrar muitos artistas. E não é por menos: ele abriga a East Side Gallery.

A principal desvantagem eu diria que é o fato de estar menos conectado às outras partes da cidade, por isso é legal ficar próximo do trem ou metrô. Em contrapartida, os valores das acomodações são mais acessíveis.

Veja as nossas recomendações de onde ficar no Friedrichshain, em Berlim:

Econômico
Bom custo-benefício
  • the niu Hide: é um hotel moderno e possui a grande vantagem de estar ao lado da estação de metrô e trem. O hotel possui um restaurante, onde também é servido o café da manhã;
  • IntercityHotel Berlin Ostbahnhof: além de ficar em um prédio anexo à estação de trem Ostbahnhof, oferece passes de transporte público gratuitamente aos seus hóspedes. Com padrão executívo, é confortável passar a noite.
Conforto
  • Hotel Indigo Berlin: em frente à East Side Gallery, possui vista para o Rio Spree mas ainda está próximo do transporte público. Com serviço 4 estrelas, conta com bar, academia, restaurante e amenidades.

Tiergarten: o mais verde

Onde ficar em Berlim: Tiergarden

Foto: Adam Vradenburg via Unsplash

Ainda dentro Mitte, uma excelente opção de onde ficar em Berlim é o Tiergarden.

O parque que dá nome ao bairro é o maior de Berlim, ótimo para os dias de sol e também para relaxar um pouco. Além do próprio parque, você também encontrará muita área verde para uma agradável caminhada.

Nos arredores, você encontrará muitos cafés e um clima mais local.

Dependendo da localização do seu hotel, você também estará próximo da Potsdamer Platz, Memorial do Holocausto, Parlamento Alemão e Portão de Brandemburgo. Além disso, o bairro como um todo é bem conectado com o transporte público.

Entretanto, saiba que essa é uma área nobre da cidade. Por isso, as hospedagens tendem a custar um pouco mais. Ainda assim, é possível encontrar acomodações com bom custo-benefício.

Confira as nossas sugestões de hospedagem no Tiergarden, em Berlim:

Econômico
  • B&B Hotel Berlin Potsdamer Platz: é um hotel básico e novo. Sem luxos, mas limpo e confortável, é o lugar ideal para quem vai ao hotel apenas para passar a noite. Como vantagem, há uma estação de metrô e ponto de ônibus nas proximidades.
Bom custo-benefício
  • Grimm’s Potsdamer Platz: com visual jovem e moderno, o hotel oferece acomodações confortáveis e está próximo da Potsdamer Platz. O local conta com um restaurante, onde também é servido o café da manhã, e oferece aluguel de bicicletas. Além disso, há uma estação de metrô a 100 m dali;
  • Ibis Berlin Kurfuerstendamm: com estrutura padrão da rede, conta com bar 24h, café da manhã continental e decoração moderna. Noa arredores há várias lojas, restaurantes e cafés, assim como uma estação de metrô;
  • Motel One Berlin-Tiergarten: apesar de não estar próximo dos pontos turísticos, fica a 5 min de uma estação de metrô. Com decoração moderna e elegante, é um espaço agradável com tarifas amigáveis.
Conforto
  • AMERON Hotel Abion Spreebogen: com uma linda vista do Rio Spree, este elegante hotel 4 estrelas oferece quartos espaçosos, academia, sauna, bar e restaurante. Está a uma curta distância do parque e de estações de trem e metrô, além de pontos de ônibus;
  • Grand Hyatt Berlin: é uma opção luxuosa e com tarifas mais elevadas. Além de quartos espaçosos e confortáveis, o hotel 5 estrelas possui um terraço com piscinas, saunas, SPA, academia, restaurante e um fantástico café da manhã. Está bem conectado com o transporte público, mas fica a uma distância caminhável do Portão de Brandemburgo e outras atrações.

Kreuzberg: o mais animado

Onde ficar em Berlim: bairro Kreuzberg

Foto: Adrien Aletti via Unsplash

Para quem vai a Berlim em busca de arte e vida noturna, Kreuzberg é o bairro certo para se hospedar. Ao sul do Mitte, a antiga zona suburbana hoje reúne uma pegada hypster a muita street art, estudantes, cafés alternativos, lojas de segunda mão e os nightclubs mais animados da capital alemã.

Comer no bairro também não é difícil. Como é um lugar que reúne muitos imigrantes, você encontrará pequenos restaurantes com gastronomia do mundo todo.

Uma vez que a região é bem grande, tenha em mente a rua Oranienstraße como zona mais central.

Por conta dos muitos pubs, restaurantes e boates, esse não é um bairro para quem busca silêncio ou sossego.

E, apesar de ser um bairro bem conectado com o transporte público, a maioria das atrações de Berlim fica a uma distância considerável dali. Por isso, na hora de escolher o Kreuzberg para se hospedar, cheque se há trem urbano ou metrô nas proximidades do hotel – você vai precisar deles.

Veja algumas sugestões de onde ficar no Kreuzberg, em Berlim:

Econômico
  • Three Little Pigs Hostel: bem localizado entre o Checkpoint Charlie, Potsdamer Platz e a rua Oranienstraße, também está perto de uma estação de trem urbano e pontos de ônibus. O hostel oferece quartos privativos e compartilhados.
Bom custo-benefício
  • NH Berlin Potsdamer Platz: a uma distância caminhável da Potsdamer Platz e do Checkpoint Charlie, este hotel 4 estrelas oferece um pouco de conforto por tarifas amigáveis;
  • Mondrian Suites Berlin am Checkpoint Charlie: fica próximo da principal zona de bares e restaurantes do Kreuzberg, de uma estação de metrô e do Checkpoint Charlie. O apart-hotel possui estúdios e apartamentos com cozinhas compactas para até 4 pessoas.
Conforto
  • Crowne Plaza Berlin: a 10 min de caminhada da Postdamer Platz e próximo de estações de trem urbano e metrô, oferece quartos confortáveis e design sofisticado. No local ainda há restaurante, academia, serviço de aluguel de bicicletas e outras comodidades.

Charlottenburg: o mais econômico

Charlottenburg

Foto: Abdulhalim Alwiswasee via Unsplash

Situado na zona que era considerada o coração da Berlim Ocidental, hospedar-se no Charlottenburg significa estar imerso na história da cidade.

No Charlottenburg você vai encontrar a Avenida Kudamm, que é o principal ponto comercial de Berlim. Quem pretende fazer algumas compras, certamente vai passar por ela! Por ali também há muitos restaurantes, o que é uma grande vantagem da região.

O Palácio de Charlottenburg, com seu jardim imenso, também se encontra no bairro. Ele é um ponto bem visitado por quem passa mais tempo na cidade. Aliás, se você já visitou o Palácio de Versalhes, em Paris, saiba que esse é inspirado nele!

No geral, é um bairro interessante para quem busca uma zona mais neutra entre a agitação e a calmaria. É também super bem conectado ao transporte público e os valores das diárias são bem mais econômicos do que no Mitte. Contudo, não é área mais indicada para quem tem pouco tempo na cidade e quer visitar os principais pontos turísticos.

Veja as nossas sugestões de hospedagem no Charlottenburg, em Berlim:

Econômico
  • B&B Hotel Berlin-Tiergarten: no Charlottenburg, mas próximo do Tiegarten, é um hotel básico e prático. Conta com instalações modernas e está próximo do trem urbano e metrô, que te levarão para todos os cantos da cidade.
Bom custo-benefício
  • Aletto Hotel Kudamm: estrutura nova e moderna, proximidade do transporte público e serviço 24h fazem desse hotel uma excelente escolha no Charlottenburg.
Conforto
  • Novotel Berlin Am Tiergarten: também no Charlottenburg, mas ao lado da estação de trem urbano Tiergarten, o hotel 4 estrelas oferece quartos modernos e espaçosos, restaurante, serviço de quarto 24h, academia e café da manhã a partir das 4h.

ONDE FICAR EM BERLIM: QUAL É O MELHOR BAIRRO?

Agora que você conferiu tantas opções de onde ficar em Berlim, pode estar ainda mais confuso.

De um modo geral, para quem vai ficar pouco tempo e quer conhecer as principais atrações de Berlim, a melhor escolha certamente é o Mitte. Mas claro que estar num ponto central tem seu custo.

Por isso, apostar nas zonas adjacentes, como o agradável Tiergarten ou o então o Kreuzberg (principalmente na área mais ao norte), pode gerar alguma economia e otimizar tempo nos deslocamentos.

Agora, se você tem mais tempo ou procura por experiências mais específicas, vale a pena considerar o que cada um dos bairros tem a oferecer. Escolha o Kreuzberg ou o Friedrichshain para economizar e curtir a vida noturna, ou então o Tiergarten e Charlottenburg para uma experiência tranquila e mais local.

E, independente da sua escolha, fique de olho no transporte público. No final das contas, essa é a melhor forma de se locomover em Berlim e é o que te aproximará de todos os cantos da cidade.

Salve as nossas dicas no Pinterest!

Tags:     

«
»