TOPO

“Roteiro de 1 dia em Cefalù, na Sicília”

Se tem algo que você não pode deixar de fora do seu roteiro pela Sicília é passar pelo menos 1 dia em Cefalù. O incrível borgo medieval, reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, é marcado pelo mar azul piscina, pelas vibrantes ruelas do seu centro histórico e pelo por do sol estonteante.

Claro que, mesmo sendo uma cidade pequena, Cefalù merece uma longa estadia para ser bem aproveitada. Mas se você, assim como eu, só tiver um dia para conhecer essa joia, saiba que um bate-volta de Palermo é super bem aproveitado – ainda mais no verão, quando os dias são mais longos.

Se esse é o plano, continue a leitura do meu roteiro de 1 dia em Cefalù, conferindo todas as dicas de o que fazer e como aproveitar melhor a cidade.

QUANDO IR PARA CEFALÙ

Cefalù, Sicília
Praia lotada no meio de julho

Cefalù é linda em qualquer época do ano e é certo que a temperatura na Sicília é mais alta que no resto da Itália, mas se você realmente quer aproveitar tudo o que há de melhor no mediterrâneo, recomendo evitar o inverno.

Entre maio e setembro a temperatura da água do mar é mais agradável. Julho e agosto são os meses mais quentes, mas também os mais lotados. Por isso, se você for na alta temporada, procure evitar os finais de semana, ou pode ficar realmente frustrado com as multidões na cidade.

COMO CHEGAR E SE LOCOMOVER EM CEFALÙ

De carro:

Cefalù está a 70 km de Palermo, cerca de 1 hora de viagem de carro. A melhor opção é pegar a Autostrada 19 (A19), que liga Palermo a Messina, mas saiba que essa rodovia é pedagiada. Se quiser economizar, faça um pequeno desvio em Buonfornello e siga pela Strada Statalle 113 até Cefealù.

Próximo da estação de trem existem alguns estacionamentos. Procure estacionar por ali ou próximo da orla central e evite circular muito de carro pela cidade. Muitas áreas possuem tráfego restrito a moradores e, às vezes, é difícil encontrar alguma identificação (a gente só descobre quando recebe a multa).

De trem

De transporte público, a maneira mais fácil e rápida de chegar em Cefalù é de trem. Saindo de Palermo, existem trens regionais com bastante frequência. A viagem dura entre 45 min e 1 hora, dependendo do número de paradas, e o bilhete custa 6,20 euros (somente ida).
Para consultar os horários dos trens e comprar o seu bilhete (também pode comprar na estação, já que o preço dos trens regionais não muda), consulte o site da Trenitalia.

Se você quer entender como funcionam todos os trens da Itália e com qual antecedência deve comprar os seus bilhetes, não deixe de ler o nosso post sobre os tipos de trem na Itália.

E, para se locomover no centro histórico da cidade e nas principais praias, que é provavelmente o que você fará em um dia de viagem, deixe o carro (se você tiver um) e caminhe. O centrinho é relativamente pequeno e dá pra fazer tudo a pé.

QUANTO TEMPO FICAR EM CEFALÙ

A cidade de Cefalù, em si, não é muito grande. Dá pra caminhar e conhecer os principais pontos turísticos em um dia e, ainda, dar um mergulho no mar.

Mas Cefalù também possui várias praias belíssimas. Por isso, se o intuito for relaxar, aproveitar bem as praias e sentir a vida e a energia da Sicília, eu recomendo ficar pelo menos 3 dias.

ONDE SE HOSPEDAR EM CEFALÙ

Onde se hospedar em Cefalú

Quem tiver a sorte de se hospedar em Cefalù e puder curtir um pouco mais do seu litoral magnífico, certamente não vai se arrepender.

Onde se hospedar em Cefalù vai depender das suas preferências. Fique no centro histórico se quiser sentir um pouco da Sicília medieval e se deliciar com a culinária local nos diversos restaurantes com janelas de frente para o mar.

Se a ideia for curtir mais a praia, opte pelo ponto onde pretende passar mais tempo. No Lungomare Giuseppe Giardina, por exemplo, você estará perto da principal praia e de diversos bares e restaurantes que lotam no pôr do sol. Mas essa não é a única praia de Cefalù. Diversos apartamentos e hotéis ficam em áreas mais reservadas que são igualmente belas.

A seguir, separei algumas opções de hospedagem para aproveitar o melhor de Cefalù:

Blue House

É um apartamento com bom custo-benefício. Fica no coração do centro histórico, bem próximo da Catedral de Cefalù, e tem inúmeras opções de restaurante bem próximas.

Casanova Rooms

No centro histórico de Cefalù, o local possui quartos com decoração em Art Noveau e, dependendo da opção escolhida, janelas ou sacadas com vistas para o mar. Contudo, aqui vai uma ressalva à quantidade de malas: os quartos ficam no terceiro andar e o prédio não possui elevador.

Casa sulla spiaggia

Distante da cidade, é um paraíso para quem vai viajar em família ou com amigos e está de carro. O mar fica literalmente na porta de casa e a praia é praticamente privativa. Além disso, a decoração é muito bonita e completa o cenário.

Hotel Kalura

Uma excelente opção 4 estrelas pra quem está de carro. O hotel fica a 2km do centro de Cefalù e oferece aluguel de bicicletas, mas talvez você nem queria sair dele. A estrutura possui restaurante, bar, piscina, diversas atividades e uma praia privativa, além de ter um visual de cair o queixo.

ROTEIRO DE 1 DIA EM CEFALÙ: O QUE FAZER

Bom, como estamos falando de um roteiro de 1 dia em Cefalù, que foi justamente o que eu fiz, vou tentar dar atenção a atividades que podem ser feitas nesse período.

Ainda assim, devo dizer que há muito a ser explorado na cidade, como subir a Rocca, uma falésia de cerca de 268 metros de altura que é pano de fundo do centro histórico e da principal praia da cidade. Na Rocca existem evidências arquitetônicas não só da Idade Média, mas também do período pré-histórico. Além disso, é lá que se encontra o famoso Templo de Diana, um monumento megalítico do Século 4 a.C. Se você tiver mais tempo, não deixe de conhecer o local.

O que fazer em Cefalù: visitar o Duomo de Cefalù

Um bom começo para o seu roteiro de um dia em Cefalù é iniciar pela obra mais importante da cidade: o Duomo de Cefalù. A igreja foi fundada em 1.131, durante o domínio da Sicília pelos normandos, e está listada como parte roteiro árabe-normando pela Unesco (junto de Palermo e Monreale).

A catedral sofreu muitas alterações ao longo dos anos e, até hoje, é uma obra inacabada. Por causa de tantas alterações, a igreja não possui somente um estilo arquitetônico e artístico. Isso fica evidente pela famosa figura do Cristo Pantocrator nos mosaicos interiores, feitos segundo a arte bizantina. Mas apesar da coexistência das referências artísticas do catolicismo e da igreja ortodoxa, o Duomo se mantém como uma igreja católica.

A entrada no Duomo em si, é gratuita, mas para visitar as torres, os tesouros enterrados na área dos museus, a capela episcopal e o claustro canônico, existem alguns tours disponíveis. No site oficial é possível consultar os valores e itinerários. Ah, e não se esqueça de se vestir adequadamente para a visita: roupas muito curtas ou reveladoras não são permitidas (um shorts não muito curto e uma camiseta não serão problema).

O que fazer em Cefalù: admirar a vista do Bastione di Capo Marchiafava

A poucas quadras da Catedral de Cefalù, você encontrará o Bastione di Capo Marchiafava, que é o baluarte mais ao norte da cidade. Justamente por isso, o local possui uma vista belíssima do Mar Tirreno. Aproveite para tirar belas fotos por lá.

O que fazer em Cefalù: se perder pelas ruelas do centro histórico

Roteiro de 1 dia em Cefalù - centro histórico

Uma das melhores coisas para se fazer em Cefalù é tomar um capuccino ou granita em um bar e depois caminhar sem rumo, perder-se nas vielas coloridas com roupas secando nas janelas, sentir o aroma cítrico das lojas e ouvir a gritaria de um outro vendedor de hortaliças.

Quando você se encontrar, siga pela Via Vittorio Emanuele. Essa é a principal rua do centro histórico e, embora hoje tenha um apelo bastante turístico com as suas inúmeras lojas de souvenirs, é muito charmosa.

O que fazer em Cefalù: tirar uma foto na Piazza Marina

Piazza Marina - Roteiro de 1 dia em Cefalù

Ainda no início da Via Vittorio Emanuele, próximo da Porta Pescara, pegue uma via em direção ao mar para a Piazza Marina. Nessa praça existe uma pequena praia e o cais do antigo porto, onde você encontrará alguns barcos atracados, muita gente pulando da passarela para um mergulho no mar e uma linda vista da orla de Cefalù.

Se quiser voltar no cais mais tarde, o cenário fica excepcionalmente bonito no pôr do sol.

O que fazer em Cefalù: conhecer o Lavatoio Medievale

Continuando o roteiro de 1 dia em Cefalù, vamos até a metade da Via Vittorio Emanuele, onde existe uma pequena escadaria em caracol que leva ao Lavatoio Medievale de Cefalù. Nessa lavanderia medieval correm as águas extremamente puras do rio Cefalino.

Reza a lenda que a água do Lavatoio nasceu da dor de uma ninfa que, depois de matar o seu amado após uma traição, se arrependeu e chorou tanto que encheu de lágrimas o local.

Na verdade, o rio Cefalino originalmente corria ao ar livre, mas hoje é coberto e flui diretamente no mar através de uma pequena caverna.

Ao chegar no lugar, vale a pena fazer o exercício de imaginar as lavadeiras, durante a Idade Média, esfregando as suas roupas em meio a gritos e cantos sicilianos.

O que fazer em Cefalù: almoçar em uma sacada de frente para o mar

Cefalù era uma cidade fortificada e foi construída sobre rochas. Por isso, muitas das construções nas extremidades do centro histórico possuem vistas para o mar que são de tirar o fôlego. Se você não tiver a sorte de se hospedar na cidade e ser agraciado com uma sacada no quarto de frente para o mar, porque não incluir um almoço com essa vista no seu roteiro de 1 dia em Cefalù?

Na Via Vittorio Emanuele e na Via Carlo Ortolani di Bordonaro, vários restaurantes possuem essa proposta e, normalmente, eles têm uma placa na frente com o aviso de “terrazza sul mare” ou “balcone sul mare”.

Quando fui a Cefalù estava muito quente e eu não queria comer nada pesado, então segui a indicação de um seguidor lá no Instagram (já me segue?) e fui em uma enoteca chamada Le Petit Tonneau (Via Vittorio Emanuelle, 49).

O lugar era bem pequeno e na sacada cabiam apenas três mesas, mas como cheguei cedo consegui uma vista privilegiada. Para comer, o local possui apenas entradas, como tábuas de frios e bruschettas (que pedi e estavam uma delícia). Mas claro, o foco do negócio é o vinho: a carta é bem grande e variada. É uma excelente opção pra quem não quer comer muito ou para um aperitivo no final da tarde admirando o pôr do sol.

O que fazer em Cefalù: visitar o Museu Mandralisca

Foto: Fontazione Mandralisca

Já adianto que se você quiser aproveitar bem a próxima atividade, que é curtir as praias de Cefalù, talvez seja melhor riscar o Museu Mandralisca do seu roteiro de 1 dia em Cefalù, já que a visita pode tomar um tempo razoável.

Eu mesma, quando fui à cidade, acabei deixando a visita de lado. Mas, é claro, se você é um amante de arte e arqueologia e não gosta de praia tanto assim, não deixe de conhecer.

O Museu de Mandralisca é o único museu de Cefalù e é a antiga casa do Barão Enrico Pirajino de Mandralisca, que foi um colecionador de arte e doou todos os seus bens para a cidade a fim de criar uma escola, um museu e uma biblioteca.

Vários achados arqueológicos se encontram em exposição – a maioria de Lipari, onde o próprio barão realizou escavações. Nas galerias de arte, a obra mais famosa é o quadro “Ritratto di Ignoto” (Retrato do Desconhecido), do pintor siciliano Antonello da Messina. A pintura é famosa pelo sorriso sarcástico e enigmático do rosto retratado, que é comparado por muitos com o sorriso de Monalisa.

O museu é aberto todos os dias, das 9:00h às 19:00 (das 9:00h às 23:00h nos meses de julho e agosto) e o ingresso custa 6 euros.

O que fazer em Cefalù: curtir o resto do dia na praia

As praias de Cefalù são um espetáculo à parte! A água é bem calma e cristalina e a praia mais central, que fica ao lado do centro histórico, possui uma grande faixa de areia dourada.

A infraestrutura também é muito boa, já que existem vários quiosques e restaurantes por ali. Acho importante ressaltar que, como na maioria das praias da Itália, a maior parte da faixa de areia é ocupada por lidos privados, isto é: você precisa pagar pra usar cadeiras e sombreiros (além da estrutura do lido) se quiser ocupar esses espaços. O preço, quando eu fui, variava entre 15 e 20 euros a diária por um sombreiro e duas cadeiras.

Para quem não quer pagar pelos lidos, existem também algumas áreas públicas, mas como é de se imaginar, elas estão sempre lotadas. Por isso, mais uma vez, recomendo evitar ao máximo ir aos finais de semana.

Visitar Cefalù vale a pena?

Cefalù certamente foi um dos lugares que eu, no tempo em que morei e viajei pela Sicília, mais gostei de conhecer. É um lugar que eu gostaria muito de voltar e, inclusive, dedicar mais tempo. Por isso, mesmo que você tenha pouco tempo na viagem, não deixe de incluir ao menos 1 dia em Cefalù no seu roteiro pela Sicília. Tenho certeza de que não irá se arrepender!

Tags:     

«
»